Equipe masculina de tênis de mesa passa às quartas da Copa do Mundo de Equipes

Disputa por vaga na semifinal será contra a Coreia do Sul. Time feminino se despede da disputa

A equipe masculina do Brasil está classificada para as quartas de final da Copa do Mundo de Equipes. Na noite desta quarta-feira (manhã de quinta-feira no fuso japonês), no Ginásio Metropolitano de Tóquio, no Japão, o time superou a Austrália por 3 x 0 e garantiu presença, mais uma vez, entre as oito melhores seleções do torneio, a exemplo do que ocorreu na edição de 2018. O próximo adversário será a Coreia do Sul, primeiro lugar no Grupo D, que tinha também Suécia e Estados Unidos. A partida das quartas de final está marcada para a madrugada de sexta-feira, a partir de 1h.

Gustavo Tsuboi e Eric Jouti durante partida de duplas na Copa do Mundo, event-teste para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020. Foto: ITTF

O duelo contra a Austrália não apresentou alto grau de dificuldade para o time brasileiro. Após a estreia diante da Alemanha, onde o time perdeu três jogos extremamente equilibrados contra atletas que ocupam posições de grande destaque no ranking mundial, a equipe soube se impor no confronto que decidia a segunda vaga do grupo, vencendo os três confrontos por 3 a 0. Nas duplas, Gustavo Tsuboi e Eric Jouti bateram Kane Townsend e Dillon Chambers (11/9, 11/9 e 11/9). Depois, Vitor Ishiy superou Xavier Dixon (11/3, 11/4 e 11/4), e Gustavo Tsuboi venceu Dillon Chambers (11/4, 11/8 e 11/5).

"Espero que a gente consiga propor nosso melhor nível perante a forte equipe da Coreia. É sempre bom ver o Brasil disputando entre os melhores"
Francisco Arado, o Paco, técnico da seleção brasileira masculina

"Acho que temos que ver as coisas positivas do jogo contra a Alemanha. Jogamos contra uma das melhores equipes do mundo e conseguimos mostrar que temos condições de competir. O placar geral de 3 a 0 não traduziu o que aconteceu no jogo pois perdemos dois jogos por 3 x 2 e um por 3 x 1, com chances reais de vencer. Conseguimos jogar num bom nível e criar um bom ambiente de luta, que é a identidade que queremos para o time. É bom ver nossos jovens atletas atuando nesse nível", ressaltou o técnico Francisco Arado, o Paco, que também analisou a vitória sobre a Austrália e o próximo confronto.

"Contra a Austrália fomos bem regulares nas primeiras bolas e conseguimos a vitória. Amanhã temos outro jogo pelas quartas de final. Sabemos que todos os jogos são difíceis e espero que a gente consiga propor nosso melhor nível perante a forte equipe da Coreia. É uma partida pelas quartas de final da Copa do Mundo. Sempre é bom ver o Brasil disputando entre os melhores", afirmou o técnico da seleção masculina, Francisco Arado, o Paco.

A primeira semifinal do torneio já está definida. Terá os sempre favoritos chineses contra o Japão. Para chegar ao grupo dos quatro melhores, a China deixou para trás o time dos Estados Unidos por 3 x 0. O Japão, que havia sofrido um revés na fase de grupos diante da Inglaterra, se superou, conseguiu a classificação em segundo no grupo e passou pela forte seleção da Alemanha nas quartas, por 3 x 1.

No lado brasileiro, o vencedor do confronto diante da Coreia do Sul terá pela frente na semifinal ou o time da Inglaterra ou a equipe de Taiwan. As equipes também duelam na madrugada desta sexta. Pelo regulamento do torneio, o time precisa vencer três confrontos para decidir a vitória. O primeiro é sempre de duplas e as partidas seguintes são de simples.

O torneio em Tóquio faz parte dos eventos-teste para os Jogos Olímpicos de 2020. O Brasil conquistou as vagas das equipes masculina e feminina no pré-olímpico disputado no Peru, no mês passado. Hugo Calderano, atual número seis do mundo e melhor atleta não asiático da listagem, já tinha garantida a vaga na chave individual por ter vencido os Jogos Pan-Americanos de Lima, no Peru. Nesse torneio em Tóquio, a equipe brasileira não conta com Calderano, que tinha outros compromissos pelo clube que defende, na Alemanha, e pelo circuito mundial.

Feminino

A Seleção feminina se despediu do torneio que reúne os campeões continentais e os melhores do ranking mundial. Na madrugada desta quinta-feira, a equipe comandada por Hugo Hoyama caiu para a forte seleção sul-coreana, por 3 a 0, e ficou em terceiro no Grupo D.

Nas partidas contra a Coreia do Sul, Caroline Kumahara e Jessica Yamada perderam para Shin Yubin e Jeon Jihee, por 3 a 0 (5/11, 6/11 e 8/11). Nos jogos individuais, duas vitórias sul-coreanas por 3 a 1: Choi Hyojoo contra Bruna Takahashi (8/11, 6/11, 13/11 e 9/11), e, Jeon Jihee sobre Caroline Kumahara (11/3, 4/11, 3/11 e 6/11).

 

 

 


Fonte: Confederação Brasileira de Tênis de Mesa

Saúde & Bem Estar

More Articles

Tecnologia

More Articles